VISITA DOS EMPREGADOS DA CODESA À CDP
 

 

Durante os dias 23, 24, 25 e 26 de janeiro, a CDP recebeu a visita da equipe técnica da CODESA (Companhia Docas do Espírito Santo), que veio adquirir e também compartilhar seus conhecimentos com os empregados que aqui trabalham. O motivo da vinda desses à CDP foi devido uma competição interna, na qual a equipe vencedora ganharia uma viagem a uma Companhia Docas de referência. A CDP foi escolhida por ter recebido da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão – SEST/MPDG, a Certificação de Governança Nível II, sendo a 10° colocada entre as 48 Empresas Estatais Federais avaliadas, e em 1º lugar entre as Companhias de Docas.

O grupo da CODESA foi recepcionado no Aeroporto Internacional de Belém pela Assessoria de Comunicação da CDP, que deu as boas vindas à capital paraense, bem como os primeiros suportes informacionais, a fim de que ficassem bem instalados em nossa cidade.

No primeiro dia oficial de programação, eles puderam conhecer a parte organizacional da Companhia, através de apresentações ministradas pelos próprios empregados da CDP. O Gerente de Gestão Estratégica - GEGEST, Márcio Costa, abriu as apresentações fazendo um breve histórico da empresa, falando sobre as estruturas e logradouros que a CDP dispõe atualmente; em seguida o Supervisor de Riscos e Controles Internos - SURISC, Diego Fonseca, falou sobre governança, especificamente sobre as leis das estatais, o decreto 9.845/2016 e sobre os itens do IG-SEST (Indicador de Governança das Empresas Estatais), seus critérios e de como a CDP atingiu o 1º lugar entre as Companhias Docas. A ouvidora, Adenilza O' de Almeida, também explanou sobre os trabalhos que foram melhorados e implantados nesse departamento, que garantiram bons resultados para a empresa. Ainda durante as apresentações, o Diretor-Presidente da CDP, Parsifal de Jesus Pontes, veio cumprimentar os visitantes e falou sobre o crescimento do Porto de Vila do Conde e da inovação no transporte de minério através desse porto. Do mesmo modo, falou sobre os projetos futuros para o Porto de Belém, o qual contempla uma área de REVAP, composta por espaços de lazer nas áreas subutilizadas da CDP.

Continuando as rodadas de apresentações, também proferiram a palavra à Supervisora de Projetos e Processos - SUPROP, Tatiane Bilcati, que esclareceu dúvidas acerca da implantação do Projeto de Modernização de Gestão Portuária - PMGP na Companhia. O Gerente de Planejamento de Mercado - GEPLAM, Guilherme Braga, também falou a respeito das expectativas de crescimento da CDP, para o ano de 2018 e seguintes. Por fim, o Gerente de Relação Porto-Cidade e Meio Ambiente, Cleyton Barbosa, falou sobre como a CDP agiu durante e posteriormente ao naufrágio do navio Haidar. A apresentação contou ainda com a participação da Diretora de Gestão Portuária, Maria Helena Moscoso, que esclareceu dúvidas pontuais sobre os procedimentos adotados pela Companhia para reverter as adversidades causadas pelo acidente.

O segundo dia contou com visita técnica ao Porto de Vila do Conde, localizado à aproximadamente 110 km de distância da capital paraense, na qual os visitantes puderam conhecer as estruturas administrativas e logísticas do maior porto público da Região Norte, onde foram recepcionados pelos supervisores Cláudio Anderson e Williamis Ribeiro, que fizeram uma breve contextualização sobre quais mercadorias são movimentadas naquele porto. Houve uma visita ao Terminal de Múltiplo Uso (TMU 1), na qual os supervisores informaram sobre os tipos de operações que estavam sendo desenvolvidas, assim como das ações que estão sendo adotadas para a retirada do navio Haidar, ainda naufragado no berço 302.

O último dia da programação contemplou visita ao Porto de Belém e Terminal Petroquímico de Miramar, onde todos puderam conhecer as instalações administrativas e a sala de videomonitoramento do Porto de Belém. Sob orientação do Administrador do Porto, Luiz Fernando Barreto, e do supervisor de Segurança do Porto, Allan Silva, conheceram as atividades que vem sendo desenvolvidas; ocasião em que puderam conhecer as demais dependências do porto, desde os armazéns até o terminal de contêineres.

Posteriormente, a corporação conheceu o Terminal Petroquímico de Miramar, onde foram recepcionados pelo Supervisor em exercício do Terminal, Alberto Maués. Na visita, houve uma palestra sobre as instalações de operações portuárias realizadas no Terminal. A agenda ainda contou com visita ao Centro de Apoio Urgências e Emergência, responsável pelos primeiros-socorros em caso de acidentes que ocorram na instalação; encerrando assim a programação.