NOTA INTERNA – GESTÃO DE GOVERNANÇA
 

O Supervisor de Riscos e Controles, Diego Fonseca, representando o Diretor Presidente - DIRPRE, Parsifal Pontes, recebeu no dia 10/11, o Certificado Indicador de Governança – IG – SEST, promovido pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, com o objetivo de acompanhar o desempenho da qualidade de governança das empresas estatais federais.

 

A iniciativa da SEST estabelece quatro níveis de governança com base na avaliação dos itens "Gestão, Controle e Auditoria", "Transparência das Informações" e "Conselhos, Comitês e Diretoria", que compõe um indicador que objetiva avaliar o cumprimento dos requisitos exigidos pela Lei nº 13.303/2016, buscando implementar as melhores práticas de mercado e melhorar o nível de excelência em governança corporativa.

 

Essa primeira edição avaliou 48 estatais, sendo apenas 8 delas certificadas com nível 1 (mais alto), e quatro no nível 2, no qual se encontra a CDP. As demais 40 estatais avaliadas alcançaram os níveis 3 e 4.

 

Em referência ao resultado obtido pela CDP, o Gerente de Gestão Estratégica da CDP, Marcio Costa de Souza, atual coordenador do Programa de Modernização da Gestão Portuária – PMGP que teve início sob a coordenação do Mauro Henrique e continuado por Manoel Furtado, destacou a importância dessa premiação: "Esse reconhecimento é resultado do bom trabalho que os empregados da CDP vêm desenvolvendo no âmbito de uma gestão mais moderna, eficiente e em consonância com as boas práticas de governança, advindas do Programa, melhorando a gestão da CDP, otimizando os processos e adaptando a estrutura organizacional para o alcance de um melhor desempenho dos processos de negócio".

 

O diretor-presidente da CDP, Parsifal Pontes, ressalta que "todos os funcionários da CDP estão de parabéns pelo resultado, a classificação em 10⁰ lugar dentre as 48 estatais avaliadas e em 1⁰ lugar entre as Companhias de Docas, e que esse resultado seja um incentivo para a busca da excelência, que virá se cada um, e todos, se empenharem no cumprimento das metas elencadas no PMGP."

 

A Companhia Docas do Pará – CDP obteve uma pontuação de 5.70 nos quesitos avaliados, ficando em 10° colocada entre as empresas estatais federais e sendo a Companhia Docas melhor colocada no ranking.


 
 

A SEST planeja fazer ciclos de avaliação trimestrais, visando à melhoria contínua da gestão das empresas estatais. "Com esse reconhecimento, as estatais buscarão melhorar seus processos de gestão a fim de obterem melhores resultados nas futuras avaliações, e a CDP não pode se acomodar, pois ainda temos muito a melhorar. Além dos setores envolvidos no processo de governança, como o SIC/Ouvidoria, Comissão de Ética e Auditoria Interna, a GEJURI desenvolverá um papel importantíssimo nas futuras avaliações, uma vez que esta revendo o Estatuto Social da empresa, atividade que, quando concluída, dará um salto na nossa avaliação", acrescentou o Supervisor de Riscos e Controles, Diego Fonseca.